Beber água e ficar atento ao volume da televisão ajudam a conservar cordas vocais.

homem-gritando-com-o-celular-reclamacao-direito-do-consumidor-procon-1305294858210_956x500

Enfim a copa chegou! Em meio a críticas, protestos, discussões ela está aí e o que importa é a bola em campo. É nessa hora que corações e mentes se ligam na emoção do que virá e aquele grito de emoção dificilmente será contido… Ou não?

Publicidade

Claro que nesse momento de festa muitos abusos acabam ocorrendo, mas lembre-se de que você precisará de sua voz para trabalhar no outro dia – e agora?

 Vamos então dar algumas dicas para que você não chegue ao final do mês totalmente afônico!

 – Beba bastante água durante o uso intensivo da voz. Mesmo que você esteja na cervejinha, intercale sempre com copos de água, no mínimo oito copos ao dia;Lembre-se que usar a voz seguidamente durante muito tempo pode levar a uma fadiga muscular. Tente alternar sua torcida com outros recursos, como a vuvuzela, reco-recos, palmas, qualquer coisa vale para manifestar sua alegria sem cansar tanto a voz;Abra bem a boca ao falar, sobretudo gritar. O bocejo é um movimento altamente relaxante e dá abertura;Fique atento para o volume da televisão se estiver assistindo em casa. Quanto mais alto ele for maior será a necessidade de falar forte ao fazer comentários sobre a partida com seus amigos e amigas;Use da gesticulação livremente se possível, economizando assim a voz.

Entre na campanha do “racionamento da voz!”. Sabendo usar, não vai faltar!

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: MinhaVida

 

Comentar

Comentar