spot_img
spot_img

Crise no Suriname provoca o fechamento de três restaurantes em Paramaribo

Atualizado há

Pelo menos três restaurantes em Paramaribo Norte foram recentemente forçados a fechar as portas.

A razão imediata apontada pelos empresários para a ruína nos negócios é a crise da moeda do Suriname.

O conhecido restaurante chinês “Palm Palace” fechou as portas no dia 15 de março e pelo menos mais dois restaurantes também foram forçados a fechar as portas por causa da crise.

- Publicidade -

“As vendas caíram consideravelmente e os produtos estão sendo comprados a um preço muito alto”, afirmou o proprietário de um dos restaurantes que não quis se identificar nesta terça-feira, 17 de março.

A proprietária do “Palm Palace”, disse que o declínio nas vedas vinha ocorrendo desde o ano passado. As tentativas para reverter a situação foram em vão. “Aluguel, energia elétrica se tornaram muito caros e não tivemos mais como pagar com o nosso negócio atual”. A proprietária disse que entrou com o pedido de falência e fechou as portas do restaurante oficialmente no dia 15 de março, depois de dezoito anos. “Foi uma decisão difícil, mas não podíamos mais”, disse a proprietária do ”Palm Palace”.

Um comerciante de Paramaribo disse que os empresários de outros setores estão lutando e citou como exemplo as lojas na Gompertstraat que estão próximas umas das outras. “O volume de negócios está bastante deteriorado”, afirmou o comerciante.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App