Um coveiro foi preso pela polícia acusado de abusar sexualmente de uma jovem, de 26 anos. No último dia 1º de março, a mulher teria ido a um cemitério no Suriname colocar flores no túmulo do avô. No local, ela foi abordada pelo homem, identificado como L.E, que teria aberto a calça e posto suas mãos nos órgãos genitais dele.

Ao chegar a sua casa, a jovem, R.V, contou o fato para sua mãe e afirmou ter sido questionada e levada pelo coveiro até um local mais reservado, onde teria acontecido o abuso. Um segundo funcionário do cemitério teria visto as cenas e impediu que o ato sexual se concretizasse. O caso foi registrado na delegaciae o Ministério Público determinou a preventiva do acusado, que assumiu.

Publicidade

 

Comentar

Comentar