O corpo em estágio de decomposição avançado foi reconhecido pela família .

O corpo em decomposição de uma jovem mulher desaparecida foi descoberto flutuando no tanque de filtração de uma cidade depois que os moradores queixaram-se de um “gosto estranho” na água potável.

Publicidade

Segundo a polícia, o corpo  é da aspirante a atriz Carmen Yarira Noriega Esparza de  27 anos.

A jovem, que era graduada em psicologia e sonhava em ser atriz com uma carreira de TV, foi vista pela última vez deixando sua academia na capital mexicana Cidade do México, em fevereiro do ano passado.

Sua família e amigos estão exigindo respostas sobre como seus restos passaram despercebidos por tanto tempo. Os vizinhos estão chocados com o caso e disseram que a água do prédio estava com um gosto estranho há algum tempo.

De acordo com as informações do jornal The Mirror, a polícia está focando as investigações no ex-namorado de Carmen, um empresário que pagava o aluguel de seu apartamento. Eles haviam terminado um relacionamento logo após Carmen conhecer um advogado por quem se apaixonou.

O corpo foi levado para o Instituto de Ciências Forenses em que uma autópsia será realizada para determinar a causa exata da morte.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar