Líder Kim Jong-un comandou lançamento realizado nesta sexta-feira (27). Na quinta (26), país testou três projéteis de curto alcance no Mar do Leste.

A Coreia do Norte testou com sucesso o lançamento de um novo míssil tático teleguiado sob o comando do líder Kim Jong-un, informou nesta sexta-feira (27) a agência estatal “KCNA”, apenas um dia depois de a tensão ter aumentado após o disparo de três foguetes norte-coreanos no mar.

“Kim Jong-un comandou o lançamento de teste dos novos mísseis teleguiados táticos ultraprecisos de última geração”, informou a agência norte-coreana, sem detalhar o modelo dos projéteis, nem a categoria e o local onde aconteceu o novo exercício militar.

Publicidade

A KCNA qualificou a ação como ‘um sucesso’ e garantiu que os mísseis ‘não sofreram nenhuma mudança de trajetória’ e atingiram com precisão os alvos determinados.

kim

O jovem líder, citado pela agência norte-coreana, expressou ‘grande satisfação’ pelo resultado do teste e garantiu que a nova arma permitirá ao regime comunista ‘tomar firmemente a iniciativa em qualquer tipo de operação e batalha de uma guerra moderna através de ataques precisos preventivos’.

O meio estatal analisou que o teste acontece em um momento em que Coreia do Sul e EUA ‘realizam movimentos extremamente imprudentes para isolar e sufocar a República Popular e Democrática da Coreia (RPDC, nome oficial da Coreia do Norte) e gerar uma guerra de agressão’, por isso, essa ação de ‘autodefesa’ serve para ‘encorajar’ os militares e o povo norte-coreano.

O anúncio do teste acontece apenas um dia depois que a Coreia do Norte lançou, na tarde quinta (26), três projéteis de curto alcance em direção ao Mar do Leste (Mar do Japão), na primeira ação desse tipo em três meses por parte do regime de Kim Jong-un.

Ainda não se sabe se o teste anunciado pelo regime norte-coreano tem relação com os lançamentos de quinta, algo que o Ministério da Defesa da vizinha Coreia do Sul também não pôde confirmar ao ser questionado pela Agência Efe.

O lançamento de projéteis e o anúncio do teste do novo míssil acontecem em um momento de relativa calma na península coreana, onde não ocorreram hostilidades nos últimos três meses, mas as relações da Coreia do Norte com a Coreia do Sul e os EUA permanecem tensas.

As Coreias encontram-se tecnicamente em conflito desde a Guerra da Coreia (1950-53), que terminou com um armistício que não foi substituído, até hoje, por um tratado de paz definitivo.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: G1

Comentar

Comentar