spot_img
spot_img

Companhia energética (EBS) assinará contrato com investidores estrangeiros para geração de energia solar no interior

Atualizado há

Se depender da direção da Companhia Energética do Suriname (EBS), antes do final deste ano de 2014, será assinado um contrato com investidores estrangeiros  para geração de energia solar no país.

As negociações entre a companhia (EBS) e três investidores estrangeiros estão em andamento para a criação de centrais para produção de energia solar no Suriname.

“Agora estamos negociando com investidores holandeses sobre quando podemos começar” .A intenção é de assinar o contrato ainda esse ano disse o diretor da (EBS) Willy Duiker.

- Publicidade -

Jim Hok, Ministro dos Recursos Naturais, anunciou no início deste ano que existem propostas concretas para a construção de centrais de energia solar nos distritos de Commowijne e Saramacca. Essas centrais terão capacidade total de quinze megawatts.

O diretor Duiker, acredita que este acordo da (EBS) com os investidores holandeses será positivo para o Suriname.

Atualmente a (EBS) está trabalhando em um projeto próprio de energia solar em Atjon, que está sendo financiado pelo Banco InterAmericano de Desenvolvimento.

“O investimento para as instalação desse projeto é alto, porém, no interior a energia solar se tornará uma alternativa barata para o governo, que tem grandes custos com combustível e geradores á diesel.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: