spot_img
spot_img

Combates no aeroporto de Trípoli, na Líbia, deixam 47 mortos e 120 feridos

Atualizado há

Enfrentamentos violentos entre milícias armadas já duram uma semana.

Pelo menos 47 pessoas morreram e 120 ficaram feridas durante uma semana de violentos enfrentamentos entre duas milícias armadas que lutam pelo controle do aeroporto de Trípoli, informou nesta segunda-feira (21) o Mistério de Saúde líbio.

A maioria das vítimas são moradores do bairro de Kasr Ben Ghashir, que fica próximo ao aeroporto, e morreram pela queda de foguetes em suas casas. Apenas dois dos falecidos são combatentes de milícias da cidade de Misrata, segundo o ministério.

- Publicidade -

O aeroporto internacional de Trípoli está fechado há uma semana, quando começaram os ataques diários entre as milícias islamitas de Misrata (a 200 quilômetros de Trípoli) e Zintan (a 170 quilômetros de Trípoli), que controlam o aeroporto de há três anos.

As atividades no aeroporto foram suspensas e, segundo fontes aeroportuárias, várias instalações foram danificadas, assim como 15 dos 20 aviões civis da companhia aérea nacional.

Para compensar o fechamento do aeroporto as autoridades líbias retomaram os voos em dois pequenos aeroportos do país, em Misrata e Mitiga.

Os combates registrados durante a semana geraram preocupação na comunidade internacional, levando as Nações Unidas a evacuarem sua missão no país.

Além disso, 13 mil cidadãos filipinos que viviam na Líbia deixaram o país.

As autoridades de transição líbias fracassaram na missão de dissolver e desarmar os grupos rebeldes que atuam fora da lei, quase três anos depois da queda de Muammar Kadafi, em 2011.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App