Terceiro capítulo da franquia estrelada por veteranos dos filmes de ação e criada por Sylvester Stallone traz também vários novos personagens.

Tiro, pancadaria e bomba. Assim poderia ser definido ‘Os Mercenários 3’ . O terceiro longa da série idealizada por Sylvester Stallone, que parte da premissa de colocar de volta no cenário hollywoodiano o gênero de ação clássico das décadas de 1980 e 1990, que ficou esquecido nos últimos anos, busca ganhar o espectador com explosões e muitos (bota muito nisso) tiros. Assim como nos filmes anteriores, ‘Os Mercenários 3’ conta no elenco com diversos ícones do mercado cinematográfico de ação como Arnold Schwarzenegger, Wesley Snipes, Mel Gibson, Harrison Ford, Antonio Banderas, Dolph Lundgren, Jason Statham, além do próprio Stallone.

Publicidade

Mas se a franquia é conhecida por ser estrelada pelos veteranos, dessa vez a série apresenta bastante personagens jovens. Entre eles estão Kellan Lutz, Glen Powell, Ronda Rousey e Victor Ortiz. O elenco de ‘Os Mercenários 3’ ainda é completado por Randy Couture, Terry Crews, Kelsey Grammer e Jet Li. Com direção de Patrick Hughes (‘Busca Sangrenta’) e o roteiro assinado por Stallone junto com Creighton Rothenberger e Katrin Benedikt, o novo longa, também como os dois primeiros, não tem muita história. Tudo em cena é justificado por vinganças que não são nunca aprofundadas. Mas isso não representa necessariamente um problema já que provavelmente nenhum fã da franquia busque, de fato, um roteiro elaborado, esperando mesmo é pela ação que lhe foi prometida.

E ‘Os Mercenários 3’ começa já mostrando que não está para brincadeira. Logo na sequência inicial do filme, Barney Ross (Stallone), Lee Christmas (Statham), Gunnar Jensen (Lundgren) e Toll Road (Couture) encaram uma perigosa missão para resgatar Doc (Snipes), um ex-médico que estava sendo mantido refém do outro lado do mundo há muito tempo. Agora com um integrante a mais na equipe de mercenários, Barney e cia descobrem que um antigo inimigo que eles acreditavam estar morto, na verdade, se encontra vivo e bem ativo no mundo do crime. Trata-se de Conrad Stonebanks (Gibson), desafeto de Barney, que pensava ter matado o vilão no passado.

Trabalhando em conjunto com Max Drummer (Ford), um condecorado major da aeronáutica que após se aposentar resolveu trabalhar com Barney e sua equipe em missões, digamos, pouco convencionais, Barney recebe a tarefa de destruir Conrad e suas atividades criminosas. No entanto, o grupo de mercenários falha em sua tarefa e o líder decide que é hora de desmantelar a equipe. Mas pouco depois Barney ganha uma segunda chance e percorre o mundo em busca de novos companheiros de aventura. Contudo, agora o protagonista procura por gente jovem, que possa dar um novo fôlego para as missões do grupo de mercenários. E assim Barney encontra Smilee (Lutz), Thorn (Powell), Luna (Rousey) e Mars (Ortiz), além do tagarela Galgo (Banderas), que havia mentido idade em seu currículo, mas ainda assim conquistou sua vaga no novo grupo de mercenários.

Juntos, eles devem traçar um plano infalível para acabar com Conrad. Porém, como a tarefa não é nada fácil, os antigos companheiros de Barney reaparecem e entre novas e velhas caras a equipe une forças para dar conta do recado. Se a ação funciona em ‘Os Mercenários 3’, as piadas nem tanto. Repleto de cenas que tentam arrancar risadas do espectador, poucas realmente tem graça. O personagem de Banderas, por exemplo, apesar do esforço do ator, acaba soando mais irritante do que cômico com sua ‘arte’ de falar pelos cotovelos. Por outro lado, a forma como ‘Os Mercenários 3’ tira sarro do próprio elenco é um ponto a favor do filme, como na cena em que Doc diz que foi para a cadeia por sonegação de impostos, fazendo referência à prisão na vida real de Wesley Snipes em 2010, e a sequência em que Trench, personagem de Schwarzenegger, conta que mentiu sobre sua aposentadoria. De um modo geral, ‘Os Mercenários 3’ é tão fraco que se torna divertido. E certamente não vai decepcionar os fãs de filmes de ação.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: MSN

Comentar

Comentar