O número e a gravidade dos acidentes de trânsito no Suriname, o que tem ocasionado mortes no país, acabou chamando atenção das autoridades. O Ministério da Justiça e Polícia (JusPol) convocou um reunião para tratar do assunto, que está sendo tratado como uma crise.

“O comportamento dos usuários das vias está piorando a cada dia. Agora existe uma verdadeira crise de trânsito. Devemos olhar a situação com seriedade e chegar a medidas concretas”, disse Kenneth Amoksi, titular da pasta. Segundo ele, são 17 óbitos somente neste ano.

Publicidade

Durante a reunião, que contou com a participação do Ministério Público, ficou definido que ações drásticas serão adotadas para reverter o quadro. Além da fiscalização, a polícia também atuará de forma mais preventiva. “Isso será notado em duas semanas”, completou Amoksi.

Dirigir em velocidade alta, sob o efeito de álcool e sem carteira de motorista válida será considerados crimes mais graves ainda. “A polícia vai reagir de forma mais agressiva ao comportamento irresponsável dos motoristas nos próximos dias”, informou o representante do governo.

Comentar

Comentar