Chuvas torrenciais obrigaram mais de 50 mil pessoas a deixar suas casas em cidade que abriga parte da Muralha da China.

Chuvas torrenciais deixaram séculos de história debaixo d’água na antiga cidade de Fenghuang, no centro da China.

A cidade está sem eletricidade. Mais de 50 mil pessoas foram forçadas a abandonar suas casas.

Fenghuang, na província de Hunan, abriga uma parte (sul) da Grande Muralha da China e está sendo considerada para receber o status de patrimônio histórico mundial da Unesco.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: G1

Comentar

Comentar