Porta-voz disse que ‘orações do povo americano estão com o Brasil’.

A Casa Branca lamentou “profundamente” a morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB), que morreu nesta quarta-feira em um acidente de avião na cidade de Santos (SP).

Publicidade

“Estamos profundamente tristes com a notícia do acidente de avião que parece ter levado a vida do candidato à presidência do Brasil, Eduardo Campos, assim como a de seus companheiros de viagem”, disse em nota a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Caitlin Hayden.

‘Estendemos nossas profundas condolências à família e outros entes queridos dos falecidos e ao povo do Brasil. Os pensamentos e as orações do povo americano estão com o Brasil neste trágico momento’, acrescentou Hayden.

A embaixadora dos EUA no Brasil, Liliana Ayalde, já havia divulgado nota sobre a tragédia. “Estamos chocados e tristes pela trágica morte de Eduardo Campos e dos outros passageiros no acidente aéreo de hoje. Nossos mais sinceros sentimentos à família de Eduardo Campos, aos familiares das outras vítimas e a todos os brasileiros por essa perda”.

Embaixadas – A embaixada da França no Brasil, por sua vez, declarou que a notícia da morte de Campos foi recebida “com profunda tristeza”. “O embaixador da França, Denis Pietton, se lembra com carinho da acolhida calorosa que o governador de Pernambuco ofereceu em uma visita em janeiro. Ele é solidário com a dor da família e dos amigos de Campos e às outras vítimas dessa tragédia”, informou a embaixada em nota publicada em seu site

Já o embaixador britânico, Alex Ellis, escreveu em sua conta no Twitter que estava “chocado com a notícia”. “Com a reabertura de nosso consulado no Recife, criamos uma grande relação com o governo de Pernambuco. É uma perda triste”.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

 

Comentar

Comentar