Evento acontece na Praça da Independência com presença confirmada de brasileiros, venezuelanos, haitianos, entre outras etnias.

PUBLICIDADE

Uma determinação do presidente do Suriname, Desiré Delano Bouterse, oficializou o 1º domingo de setembro de cada ano como “Dia dos Migrantes”. A primeira celebração acontece já neste domingo, na Praça da Independência, com programação das 9h até 22h, incluindo apresentações culturais, esportivas e ações lúdicas para crianças de todas as etnias.

Brasileiros, guianenses, dominicanos, haitianos, cubanos e venezuelanos, comunidades de presença forte no Suriname, estão confirmados na primeira edição do evento. Para organizar a festa, o Governo Federal criou um comitê com a missão de selecionar os povos, reunir os representantes de cada etnia e definir estratégias para o evento.

José Paulo Ribeiro – Presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros no Suriname — Foto: Luiz Paulo

“Nesse sentido, reforçamos o convite a todos os Brasileiros no Suriname, para que compareça à grande confraternização. Aliás, podemos chamar de festa da integração”. Concluiu o presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros no Suriname (CCBSUR), José Paulo Ribeiro.

Deixe seu comentário abaixo.