spot_img
spot_img

“BOG” alerta para o aumento de casos de coqueluche em bebês no Suriname

Atualizado há

De acordo com o Ministério da Saúde Pública (BOG), no ano passado, houve um aumento de casos de coqueluche em crianças menores no Suriname.

Alguns dos bebês vieram a falecer devido complicações da doença e para evitar a coqueluche em bebês, o (BOG) lançou uma campanha de vacinação para todas as gestantes que estiverem com 27 até 36 semanas de gravidez. A campanha vai continuar até o final de dezembro.

A coqueluche é altamente contagiosa e começa como uma infecção respiratória. Através das gotículas da tosse a bactéria que causa a coqueluche é transmitida para outras pessoas. A infecção desta bactéria pode ser evitada através de medidas básicas de higiene.

- Publicidade -

Então lave as mãos regularmente a se tossir cubra a boca, ou faça isso com o rosto virado para o ombro ou virado para o cotovelo. Além disso as superfícies que são frequentemente tocadas, tais como a maçanetas de portas e mesas devem ser desinfectados regularmente.

Dicas do (BOG) para evitar a coqueluche em bebês:

– A mãe deve ser vacinada se estiver no período de 27-36 semana de gravidez

Medidas de higiene:

– levar o bebê  (dentro de 4 semanas após o nascimento) em uma clínica

– Vacinar o bebê a tempo, isso significa até os 2 meses de idade

– Entre em contato com o médico se o bebê tiver sintomas de coqueluche.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: