Em ato de protesto contra a Lei de Controle de Câmbio e Transações, os bancos fecharam as portas hoje, por volta das 12h. A Associação Bancária do Suriname (SBV) explicou que a medida é uma forma de demonstrar repúdio, sobretudo, com as implicações à sociedade.

PUBLICIDADE / ADVERTENTIE

“A SBV aconselhou todos os bancos a fechar. Este conselho foi seguido por vários bancos, incluindo o Finabank, Hakrinbank, Republic Bank, De Surinaamsche Bank, Surichange bank e Godo”, completou o presidente da SBV, Eblein Frangie, na manhã desta quarta-feira.

De acordo com Frangie, a SBV exige a alteração da lei. “Queremos ter uma boa lei porque a maneira como ela foi aprovada não é correta”, completou. Ele exemplificou: A associação bancária nem sequer foi ouvida quando a lei entrou em vigor. Os bancos não podem implementar a lei e são de opinião que o conteúdo da lei não está correto”.

Foto: Arquivo LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui