Vó e mãe permanecem presa pelo caso de bebê encontrada morta. — Foto: reprodução.

A avó da bebê recém-nascida, que foi encontrada morta em um saco, na rua Soekhoelaan, em Paramaribo, no dia 7 de março, foi presa nesta quarta-feira (17) pelo Departamento de Assuntos Juvenis, da Polícia do Suriname (KPS), suspeita de ser cúmplice no crime.

De acordo com o Departamento de Crimes de Capital da KPS, a investigação identificou a mãe e a colocou sob custódia, por um período prorrogado por 30 dias. O caso foi entregue ao Ministério da Juventude para a realização de uma apuração mais aprofundada.

Publicidade

Ainda segundo a corporação, a prisão da avó da vítima ocorreu depois que a mãe da bebê fez declarações incriminatórias à polícia sobre ela. O advogado de defesa se recusou a se posicionar sobre o caso. 

Comentar

Comentar