spot_img
spot_img

Autoridades alertam: Suicídio mata mais do que AIDS no Suriname

Atualizado há

O alerta foi dado na Assembléia Nacional (DNA) de acordo com dados levantados recentemente pelas autoridades sobre mortes por suicídio e HIV/AIDS no Suriname. 

O parlamentar Dew Sharman apresentou na Assembléia Nacional (DNA) dados alarmantes sobre o suicídio no Suriname.

Em uma base anual, de acordo com pesquisa realizada pelas autoridades de saúde, morrem mais pessoas por suicídio do que de HIV / AIDS e segundo a pesquisa todos os anos 150 pessoas morrem de suicídio no Suriname.

- Publicidade -

“Morte por suicídio é como um vírus contagioso”, diz Sharman. Todos os anos ocorrem seiscentas tentativas de suicídio e as vítimas são na faixa etária de 25 a 45 anos.

Sharman diz que apesar de ser um grave problema social, não há dinheiro no orçamento do Ministério da Saúde para tratar preventivamente o problema.

Segundo o parlamentar, quatro tentativas de suicídio bem sucedidas são cometidas por mês no interior, especialmente nos distritos de Brokopondo e Sipaliwini e esses números não podem continuar crescendo.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App