spot_img
spot_img

Atualização – VHP não aceitou explicação da Administração da Aviação Civil sobre omissão de socorro aéreo

Atualizado há

O (VHP) não aceitou uma declaração da Administração da Aviação Civil sobre o caso em que os membros do partido ficaram sem o resgate do serviço de resgate aéreo da empresa Hi-Jet.

O piloto, que já havia decolado, recebeu ordens para voltar ao aeroporto.  A autoridade de Aviação Civil disse em um comunicado que não era uma emergência e, portanto, o piloto recebeu ordem para abortar a missão de resgate em Nickerie. Além disso, a direção da Hi-Jet não apresentou nenhum plano de vôo, como é exigido na realização destas operações.

A Administração da Aviação Civil também afirma que voos de Zorg en Hoop só podem ocorrer entre o nascer e o pôr do sol, “a menos que seja uma emergência.” O porta-voz Sonny Hira, do VHP ficou indignado com a declaração.

- Publicidade -

“Isso simplesmente se refere a nada e, pelo contrário, nos leva ainda a mais questionamentos”, disse o porta-voz do (VHP). Sony também conversou com um especialista em aviação e ouviu que neste caso não se pode dizer que não havia uma emergência.  As vítimas envolvidas na colisão são partidários do (VHP) que estavam a caminho de uma reunião de massa do V7 em Nickerie no sábado, 2 de maio.

O VHP  vai trabalhar com os seus peritos resolutos sobre a tomada de novas medidas neste caso.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: