spot_img
spot_img

Atendimento de emergência do Hospital acadêmico de Paramaribo foi normalizado

Atualizado há

Após o assassinato de um segurança que prestava serviço no setor de emergência do hospital AZP, o serviço de segurança foi reforçado imediatamente. 

O Departamento de Emergência do Hospital Acadêmico de Paramaribo (AZP) depois de ficar paralisado durante 24 horas, voltou a normalidade a partir das 15:00 hs deste sábado, dia 26 de março.

Depois da tragédia que aconteceu na sexta-feira santa em que um segurança que prestava serviço no setor de emergência foi baleado e morto dentro da sala de emergência do hospital, medidas foram tomadas para aumentar a segurança no setor. “Embora todos ainda estejam visivelmente abalados com o que aconteceu, precisamos levar em conta a importância da emergência para a comunidade”, afirmou o diretor do hospital, Antoine Brahim.

- Publicidade -

Durante uma boa parte da manhã deste sábado o ministro da saúde, Patrick Pengel esteve reunido com o diretor-geral do AZP, o diretor do setor de emergência, médicos e funcionários onde foram tomadas as seguintes medidas: 1. o serviço de segurança foi reforçado imediatamente. 2. Não serão implementadas mudanças de infra-estrutura a curto prazo, com vista a uma melhoria duradoura e a proteção da sala de emergência para funcionários, pacientes e cuidadores. 3. O AZP está tendo em conta a experiência das últimas vinte e quatro horas, juntamente com o Ministério da Saúde para considerar que deve haver menos pressão sobre o setor de emergência e mais atenção para os pacientes em estado grave com menos tempo de espera.

Os diretores, administradores e funcionários, bem como o Conselho Fiscal e a equipe médica do AZP, agradecem a comunidade pela compreensão e desejam a empresa Mozart e aos familiares do falecido guarda Ivanildo Daniel muita força. “Nossos pensamentos e orações vão para eles, com o conhecimento que Daniel perdeu sua vida no cumprimento da sua missão de proteger não só os nossos funcionários, mas também os pacientes e cuidadores”, declarou a direção geral do hospital AZP em Paramaribo.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App