As 39 vítimas do ataque registrado no condado de Cangwu, no sul da região autônoma de Guangxi, foram levadas para hospitais, mas nenhuma delas está em estado grave. As crianças ficaram “levemente feridas” e os adultos tiveram ferimentos mais graves, informou uma autoridade local.

A polícia prendeu um suspeito que, de acordo com o jornal estatal chinês Global Times, trabalhava como segurança na escola, mas não forneceu mais detalhes sobre ele. As crianças feridas têm entre 6 e 12 anos de idade.

Publicidade

Ataques semelhantes na China, principalmente em escolas, não são raros. Em outubro de 2018, uma mulher com uma faca de cozinha feriu 14 crianças em um colégio infantil no centro da cidade de Chongqing.

Em abril do mesmo ano, nove estudantes foram mortos em uma escola secundária da província de Xianxim por um homem de 28 anos. Mais tarde, ele foi condenado à morte.

Em 2017, 11 alunos ficaram feridos depois que um homem pulou o muro de um colégio e os esfaqueou.

Fonte: CNN

Foto: Reprodução / Google Maps

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar