A diretoria do Police Football Friends (PVV) teve uma reunião com o presidente Chandrikapersad Santokhi, com o objetivo de fortalecer a atrair mais jovens para o esporte como medida de combate ao crime organizado.

A reunião ocorreu na terça-feira (22). Segundo o presidente do PVV, o novo caminho acarreta mais custos. “O futebol juvenil em particular também ajuda no combate ao crime e conversamos sobre onde o estado pode ajudar a contribuir.” A organização do PVV afirmou que a conversa correu bem, porém relembrou que os resultados não virão de imediato, disse o presidente da organização, Atompai, que acrescentou terem sido feitos acordos para o seguimento das conversas e a delegação de poderes a outros órgãos.

Segundo o presidente da associação, seu funcionamento vai começar a funcionar já na próxima semana. Ele espera que os resultados também sejam visíveis no próximo período, em relação à manutenção das instalações esportivas do PVV. “Da nossa parte, vamos enfrentar as coisas de qualquer maneira para poder fazer algo pela juventude do Suriname e, finalmente, ter menos crimes desse grupo.”, afirmou a diretoria.

O presidente Atompai também quer levar a associação a patamares maiores para, tendo em vista o contexto da situação financeira e economicamente difícil em que o país se encontra. Ele observa que poucas pessoas estão engajadas socialmente, o PVV quer responder a isso. “Por mais politicamente difícil que seja no país, isso não deve nos impedir de sermos humanos”, disse o presidente. A associação espera ter sucesso em seu empreendimento com o apoio do chefe de Estado. “De qualquer forma, o presidente ficou satisfeito e deu impulso para trabalhar as coisas para chegar a soluções concretas”, disse o presidente do PVV.

 

Comentar

Comentar