spot_img
spot_img

As negociações do Suriname com a Alcoa estão acontecendo em Paramaribo

Atualizado há

- Publicidade -

No início de março as negociações entre Suriname e Alcoa continuarão em Paramaribo.

Desde  meados de 2014, uma delegação da Alcoa está negociando sobre as opções especificadas. O objetivo é manter o setor da bauxita no Suriname, mesmo se a Alcoa sair do Suriname. A Suralco deve ser capaz de prosseguir, possivelmente com um parceiro estrangeiro.

Na última semana houve uma reunião em Miami, com uma delegação da Alcoa e a comissão presidencial composta por Dilip Sardjoe (líder), o diretor da Staatsolie Marc Waaldijk, e o presidente do Banco Central do Suriname Gillmore Hoefdraad. Sobre esta reunião não há praticamente nenhuma informação. Para os mais de 700 funcionários e contratantes da Suralco prevalece muita incerteza sobre a situação.

- Publicidade -

O Presidente Desi Bouterse, em seu discurso anual no dia 1 de Outubro na Assembléia Nacional disse que quer preservar o setor. O chefe de estado acredita que a Suralco deve ser capaz de executar sob a supervisão do Suriname. O Suriname quer ter a central de Brokopondo, que faz parte das negociações, se  a Alcoa sair do Suriname.

Eles ainda estão tentando chegar a um acordo, já que a relação entre Suriname e Alcoa já existe a mais de noventa anos, para que os dois lados saíam ganhando.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: