De acordo com o Corpo de Bombeiros do Suriname, apenas 9 pessoas ficaram feridas em acidentes com fogos de artifício em 2017.

“Este final de ano foi registrado o menor número de acidentes com fogos de artifício comparado aos dois últimos anos”, informou o Departamento de Relações Públicas do Corpo de Bombeiros do Suriname nesta terça-feira, 2 de janeiro.

Publicidade

O prazo final para venda e queima de fogos de artifício termina nesta terça-feira e espera-se que não apareçam novos casos. A brigada de incêndios informou que a nona vítima foi uma menina de seis anos que ficou gravemente ferida na véspera de ano novo quando brincava com fogos de artifício. O relatório do Corpo de Bombeiros informa que o artefato explodiu na mão da menina provocando graves ferimentos que levarão a vítima a perder os dedos de uma das mãos.  Além disso, no último dia do ano, três pessoas foram atendidas pelo Departamento de Emergência do Hospital Acadêmico de Paramaribo com ferimentos provocados por acidente com fogos de artifício.

O Comando do Corpo de Bombeiros do Suriname atribui a queda no número de vítimas este final de ano a forte campanha lançada este ano para alertar os cidadãos acerca do perigo quanto ao uso inseguro dos fogos de artifício. Apesar da forte fiscalização e controle das autoridades para evitar a venda de fogos de artifício perigosos como: Thunder King, Color Flower, Crazy Robot e Bin Laden estes produtos continuam sendo comercializados ilegalmente.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar