spot_img
spot_img

Ajuste de preço necessário para produção contínua de leite

Para garantir a produção de leite, o governo pretende importar 1.500 vacas leiteiras.

Atualizado há

O preço dos produtos lácteos aumentou 25% desde terça-feira (27). Isso porque o preço de compra do leite cru aumentou para SRD 17,50 o litro. Além disso, é cobrado SRD 1,00 adicional em custos de transporte, elevando o preço de custo para SRD 18,50. O diretor Sitaram indica que esse aumento ocorreu depois que os fornecedores de leite soaram o alarme. “Eles vêm chamando a atenção para isso há meses. Por causa do aumento dos preços de seus insumos, como ração, utilidades e aumento da taxa de câmbio, os produtores de leite não conseguiam mais se virar com o antigo preço de SRD14”, explica o diretor Sitaram.

Devido ao aumento, a Melkcentrale Paramaribo (MCP) também se vê obrigada a aumentar os preços de seus produtos. O atual preço de venda de 1 litro de leite integral também foi ajustado para SRD 27,50. “Temos que cobrir todos os nossos custos. Isso é muito difícil.” O diretor explica que as despesas do MCP também aumentaram consideravelmente no último período. Ele menciona, entre outras coisas, os custos de combustível e utilidades. Além disso, o aumento dos preços também desempenham um papel importante.

De acordo com uma lista do Ministério de Assuntos Sociais e Habitação, o MCP ajudará pessoas socialmente carentes com um subsídio ao leite integral. Uma taxa de SRD 22,50 será aplicada a este grupo. O diretor Sitaram conta que muitos já fizeram contato com a Melkcentrale para isso. No entanto, ele enfatiza que o registro é feito pelo ministério.

- Publicidade -

Segundo o diretor Sitaram, a Melkcentrale não visa maximizar o lucro. “Tentamos cobrir os custos com o lucro modesto de nossos subprodutos. Isso nos permite garantir nosso futuro.” Ele indica que a empresa depende dos produtores de leite para o abastecimento de leite. No momento, o número de litros de leite cru é de cerca de 2 milhões por ano. Para garantir a produção de leite, o governo pretende importar 1.500 vacas leiteiras. O diretor do MCP aplaude isso. Ele acredita que esse passo acabará levando a um aumento na produção de leite. A Fábrica de Leite receberá então mais leite cru e terá que importar menos leite em pó.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App