— Foto: LPM News

A partir desta segunda-feira, dia 23, o espaço aéreo do Suriname estará parcialmente aberto para voos comerciais na rota Amsterdã-Paramaribo e vice-versa, e operações regionais pré-combinadas. As companhias aéreas estão autorizadas a operar de forma regulamentada e controlada.

Isso está vinculado ao número de passageiros por voo semanal, conforme determinado pelas autoridades. A autorização do Departamento de Assuntos Consulares do Ministério das Relações Exteriores, Negócios Internacionais e Cooperação Internacional (BIBIS) para residentes e não residentes perderá a validade.

Publicidade

Os passageiros que precisam de visto devem seguir o procedimento normal do E-visa e do E-Tourist Card através do site da VFS-Global https://suriname.vfsevisa.com/suriname/online/home/index. As condições aplicáveis ​​para visitantes permanecem inalteradas. Os passageiros devem apresentar os seguintes documentos antes da admissão nos voos:

  • Um teste RT PCR negativo, não superior a 72-120 horas;
  • Uma reserva de acomodação confirmada ou pelo menos 10 dias em um hotel registrado;
  • Os não residentes devem possuir e apresentar seguro de viagem com cobertura Covid-19.

Comentar

Comentar