juiz

O Juiz Maytrie Kuldipsingh teve dois brasileiros em julgamento nesta segunda-feira que foram condenados a uma pena de prisão de oito anos e seis meses, respectivamente. Eles cometeram um assalto em um garimpo no mês de março do ano passado, no Sipaliwini. Os condenados também teriam violado a Lei de Armas de Fogo. A promotoria havia exigido em ambas 10 anos de prisão. Uma das vítimas foi baleada no abdômen e sobreviveu ao ferimento no último minuto. A vítima caiu trinta vezes para baixo quando ele fugiu para procurar ajuda. Ele sentou-se, em um ponto, mas foi encontrado vivo. Ele teve que ser transferido de avião para o hospital. O Juiz Maytrie Kuldipsingh argumentou que os estrangeiros não têm que fazer ofensas. Pelo contrário, eles devem fazer uma contribuição positiva para o desenvolvimento do país. As vítimas foram roubados em 4 de março do ano passado por dois homens armados e mascarados, eles atiraram varias vezes. As vítimas tiveram os suspeitos identificados positivamente por suas tatuagens. Além disso, os réus tinham retirado suas máscaras quando eles saíram. Isso permitiu que as vítimas pudessem vê-los.  Ambos os brasileiros negaram por ter sido culpados do roubo.

Publicidade

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Star Nieuws

Comentar

Comentar