Um ventilador ligado em uma escola pública do Suriname, localizada na Helena Christinaweg, fui o suficiente para provocar um pequeno um incêndio no começo da madrugada desta quinta-feira, dia 21. O guarda da unidade percebeu a fumaça e acionou os bombeiros.

Em depoimento, ele informou que a fumaça começou na sala do diretor. “O espaço do escritório também sofreu danos causados ​​por queimaduras. Suspeita-se que o ventilador do escritório tenha ficado ligado e pegou fogo em algum momento”, disse os bombeiros.

Publicidade

Comentar

Comentar