Gol Linhas Aéreas — Foto: Luiz Paulo

No dia 9 de janeiro deste ano, a GOL Linhas Aéreas, maior Companhia do Brasil, retomou suas operações internacionais sem escalas com destino a Paramaribo (PBM), capital do Suriname, a partir do aeroporto de Belém (BEL). Antes semanal (aos domingos), a frequência passou a 2 voos por semana de ida e volta, também diretos, no último dia 4 de agosto – oferta idêntica à anterior à pandemia. Em outubro próximo, com um novo aporte pela Companhia, serão 3 voos semanais entre as duas cidades.

Hoje, o voo G3 7473 sai de Belém à 0h10 e pousa em Paramaribo às 2h00 da manhã (horário local), às quintas e domingos. Já na volta à capital paraense, o voo G3 7472 decola do Suriname às 3h15, com pouso no Brasil às 5h05, nos mesmos dias da semana. A partir de 2 de outubro deste ano, as frequências passam a ser às segundas, quintas e domingos, tanto a ida quanto a volta.

Publicidade

A rota Belém-Paramaribo é operada pela GOL desde 2015, completando 7 anos de existência em 2022. O trajeto oferecido pela Companhia é de suma importância não só para os belenenses (muitos têm morada em Paramaribo), mas também para os paraenses em geral: é intenso o fluxo entre estes e o país vizinho da América do Sul, que faz fronteira com os estados do Pará e Amapá.

Os voos de Belém para o Aeroporto Internacional de Paramaribo-Zanderij são operados pela GOL com o jato Boeing 737-800, cuja capacidade é de 176 passageiros em trajetos internacionais.

“A rota de Belém para Paramaribo, reiniciada em janeiro deste ano pela GOL, traz comodidade e rapidez aos Clientes de Belém e todo o Pará, que podem se conectar ao país vizinho, Suriname, com facilidade. Foi uma retomada de grande sucesso, tanto que a demanda pelos voos já permitiu a expansão da oferta de saídas para 2 semanais no início de agosto, passando a 3 frequências semanais a partir do último trimestre deste ano”, afirma Bruno Balan, gerente de Planejamento Estratégico de Malha Aérea da GOL.

Comentar

Comentar