Alemanha já tem mais de mil casos, um quarto da população da Itália está em quarentena e Brasil tem 25 casos confirmados. Veja destaques desta segunda.

A China anunciou nesta segunda-feira (9) que registrou o menor número diário de infecções pelo novo coronavírus desde o início de janeiro, o Brasil tem 25 casos confirmados de Covid-19 e um quarto da população da Itália está em quarentena por causa da doença.

Casos e mortes

  • A China tem tem 80.904 infecções diagnosticadas, com 3.123 mortes. Em Xangai, o complexo da Disney reabriu parcialmente nesta segunda, mais de um mês depois de fechar por causa da epidemia. O parque de diversões segue fechado, mas um número limitado de lojas, restaurantes e um hotel retomaram as atividades.
  • Nas últimas 24 horas, a Alemanha registrou 150 novos casos de contágio por Covid-19, o que eleva a 1.112 o número de pessoas afetadas pela epidemia, anunciou nesta segunda-feira (9) o Instituto Robert Koch, que supervisiona o combate às epidemias no país. O principal foco da doença está na região da Renânia do Norte-Vestfália, na fronteira com Holanda e Bélgica.
  • Na Itália, país mais atingido no continente europeu, um quarto da população está em quarentena por causa do Covid-19: museus, escolas e pontos turísticos, como a Pompeia e o Coliseu, foram fechados. Até a noite de domingo (8), o país havia registrado 7.375 casos da doença e 366 mortes. Quase metade dos casos está na Lombardia, região mais atingida.
  • Na Coreia do Sul, o número de casos chegou a 7.478 nesta segunda (9), mas o ritmo de novas infecções diminuiu, segundo a agência de notícias Yonhap. No domingo, foram registrados 248 novos casos, o menor número diário desde 26 de fevereiro. O país registrou 51 mortes pela doença, segundo o centro de controle coreano.
  • Várias embaixadas na Coreia do Norte fecharam com a saída de diplomatas, depois de semanas de restrições impostas pelo governo por causa do novo coronavírus. O país não registrou, oficialmente, nenhum caso da doença.
  • No Irã, foram registradas 237 mortes e 7.161 casos da doença até esta segunda (9), informou o ministério da Saúde.
  • A Fifa e a Confederação Asiática de Futebol adiaram as partidas de qualificação para a Copa da Ásia, marcadas para março e junho, por causa do novo coronavírus.

Fonte: G1

Publicidade

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar