Este é o segundo acidente fatal entre praticantes da atividade no país em menos de dois meses.

Uma turista holandesa de 17 anos morreu ao saltar de bungee jumping perto de Santander, no norte da Espanha. A adolescente pulou de uma altura de 40 metros de um viaduto na cidade de Cabezon de la Sal e sofreu ferimentos fatais ao bater no leito seco de um rio, abaixo do viaduto.

Um porta-voz da polícia disse a jornais holandeses que o “acidente medonho” pode ter sido causado por negligência, embora as causas ainda não estejam claras.

O chefe da polícia local, Joaquin Gonzalez, informou que não sabia que aquele viaduto era usado para saltos de bungee jumping. No local, turistas praticavam uma variedade de bungee jumping chamada ‘puenting’, em que o movimento após a queda é de pêndulo, ao invés de iô-iô.

Esta não é a primeira morte provocada por este tipo de atividade na Espanha. No mês passado, a turista britânica Kleyo de Abreu morreu após saltar de uma ponte em Granada, no sul do país. Em 2013, um homem de 48 anos morreu em um salto na cidade de Robledo de Chavela, perto de Madri. O bungee jumping se popularizou na Espanha nos últimos anos e atrai espanhóis e turistas para saltos em belos cenários como Andaluzia e Pirineus.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar