O Lan provocou deslizamentos e inundações, e fez com que cerca de 44 mil pessoas deixassem suas casas. Também foram cancelados voos e viagens de trem.

tufão Lan causou estragos no Japão nesta segunda-feira (23), deixando quatro mortos, segundo dados divulgados pela agência Reuters.

Publicidade

O Lan provocou deslizamentos e inundações, e fez com que cerca de 44 mil pessoas deixassem suas casas, diz a Efe. Também foram cancelados voos e viagens de trem.

As duas principais companhias aéreas japonesas, Japan Airlines (JAL) e All Nippon Airways (ANA), cancelaram hoje 170 voos nacionais e internacionais afetando 25 mil passageiros.

Entre os mortos, segundo a Reuters, está um homem de 63 anos que foi atingido por um andaime, um pescador e uma jovem cujo carro foi arrastado pelas águas. Pelo menos 130 pessoas ficaram feridas.

Lan é o 21º tufão da temporada no Pacífico, tocou terra na província de Shizuoka por volta de 3h (horário local, 16h de domingo em Brasília).

O fenômeno deixou 800 milímetros de precipitações em 48 horas até a noite de domingo na província de Wakayama e de 700 milímetros em Mie (ambas ao oeste).

Vários rios do território japonês transbordaram em consequência das chuvas torrenciais, entre eles o rio Uda, de Mie, o Yamato, de Nara, e o Omoto, de Iwate, onde as emissoras captaram imagens de resgates em áreas inundadas.

A expectativa é que o tufão, que se encontrava agora pouco cerca de 300 quilômetros ao sul da cidade de Kushiro, na ilha de Hokkaido, se rebaixe para a categoria de ciclone extratropical esta noite.

Fonte: G1

Comentar

Comentar