Surinam Airways — Foto: Luiz Paulo

Mais três voos de repatriação foram confirmadas pela Transamérica Viagens: nos dias 30 de dezembro, 8 e 15 de janeiro. A operação Paramaribo-Belém-Paramaribo será da SLM, com saída do Suriname 12h, e do Brasil, em seguida, às 14h45. O valor da tarifa é de US$ 400.

Na compra do bilhete, o passageiro ganha o transporte ao aeroporto do Suriname e uma bagagem de 30 quilos e outra de mão de 10. A segunda mala custará US$ 60 e a terceira US$ 100. Está autorizado o transporte de cães e gatos, porém, os valores precisam ser checados diretamente com a agência.

Publicidade

De acordo com a Transamérica, os bilhetes podem ser parcelados em até 6 vezes sem juros no cartão. No entanto, de acordo com as novas ações anunciadas pelo governo do Suriname, para embarcar em um dos voos, seja do Suriname ao Brasil e vice e versa, é necessário cumprir medidas.

Entre elas está o teste RT-PCR de Covid-19 realizado até 72 horas antes do embarque com resultado não reativo/negativo. Seguro viagem também é necessário em caso de não ter permanência. E a reserva em hotel deve ser em um local conveniado pelo governo do Suriname.

Ainda segundo o governo do Suriname, somente pessoas residentes nativos do país poderão entrar, ou seja, estrangeiros não podem ingressar. A quarentena também é obrigatória para quem chega. As medidas são para combater e prevenir a Covid-19.

Transamérica Viagens:

Agência: Transamérica Viagens (Transamerica Super Center)
Informações: 725 0531 / 458 580
Endereço: Anamoestraat, 40 / Dobrustraat, 43-49

Agência: Transamérica Viagens (Filial)
Informações: 726 5473 / 552 044
Endereço: Anamoestraat, 24b

Pesquise Viagens e Turismo:

Agência: Pesquise Viagens e Turismo (Brasil)
Informações: (91) 33512271 / (91) 985734857
Endereço: Av Presidente Vargas, 368

Informações adicionais:

• Passageiros que dispõe de bilhete aéreo da Surinam Airways não poderão fazer uso nesta operação;
• Todos os interessados devem procurar a agência Transamérica Viagens para emissão de passagem;
• Os interessados que estiverem no Brasil podem entrar em contato com a agência Pesquise Viagens e Turismo;

Comentar

Comentar