Publicidade

A queima dos fogos “pagara”, no centro de Paramaribo, no dia 31 de dezembro, não será realizado neste ano em virtude da Covid-19. O evento, tradicionalmente, reúne cerca de dez mil pessoas, o que não é recomendado pelas autoridades de saúde do país e do mundo. A informação foi confirmada pela Fundação Surifesta.

“A decisão final de organizar alternativas está com o governo, incluindo as regras da equipe de gerenciamento da Covid-19, permissão na forma de uma licença dos Comissários Distritais e aprovação para a aplicação da lei por parte dos bombeiros e da polícia”, informou a Surifesta, em nota oficial.

Publicidade

Ainda em nota, a “Surifesta oferece seu apoio condicional para a promoção de quaisquer atividades, desde que aprovadas. Aconselha, ainda, a sociedade a buscar alternativas à celebração do Owru Yari, que não contrariem os regulamentos da ambiciosa equipe e os acordos com outras autoridades”, explicou.

Comentar

Comentar