Região de Galibi

Quatro brasileiros ilegais foram presos no rio Marowijne na última quarta-feira, dia 10, após um confronto com membros do Exército Nacional do Suriname. A abordagem aconteceu quando os militares faziam a fiscalização de rotina na fronteira do país e observaram a embarcação.

A ocorrência aconteceu por volta das 18h, nas proximidades de Galibi. A tripulação recebeu ordem de parar o barco, o que não foi obedecido. Em contrapartida, os brasileiros tentaram se desvencilhar em velocidade, até que um tiro foi disparado para alertar o barco.

Publicidade

“No entanto, os soldados foram recebidos a tiros. Como resultado, eles também foram forçados a abrir fogo, após o que a embarcação foi parada. Quatro pessoas, incluindo uma mulher, foram presas. Um brasileiro sofreu um ferimento na perna esquerda”, disse o Exército Nacional.

Nenhuma arma ou contrabando foi encontrado na embarcação. Como a embarcação está danificada, não foi possível transferi-la para Albina. “Decidiu-se detê-lo em uma ilha. Os quatro brasileiros têm status de estrangeiro ilegal. Com base nisso, eles foram entregues à polícia”, concluiu.

Comentar

Comentar