Publicidade

Uma jovem surinamesa residindo em Criciúma vitimada pela Covid-19. Um jovem criciumense que não resistiu a um grave acidente. E uma jornalista vencida pelo câncer. Três óbitos em um espaço de poucas horas comoveram o Sul de Santa Catarina neste fim de semana.

Neste domingo, a Secretaria de Saúde de Criciúma confirmou a 628ª morte de paciente com Covid-19 desde o início da pandemia no município. Trata-se de Melissa Romona Akbarali, 29 anos, que era natural de Suriname e residia havia alguns anos em Criciúma, no estado de Santa Catarina. 

Publicidade

Outras mortes no Estado

A sucessão de notícias tristes começou na noite de sábado (11). Em um acidente envolvendo dois carros e uma moto na SC-443, entre Criciúma e Morro da Fumaça, o jovem João Marcos Sônego Mendonça, 24 anos, perdeu a vida em uma colisão. Ele chegava em casa quando colidiu, com o seu VW/Gol, em um Renault/Sandero, e morreu no local. 

Fanático torcedor do Criciúma, João Marcos era integrante da torcida Os Tigres, que emitiu nota de pesar. O clube também noticiou, em tom de luto, a morte do seu jovem torcedor. Na madrugada deste domingo (12) a jornalista Monise Topanotti, 31 anos, não resistiu às complicações de um câncer contra o qual lutava havia algum tempo.

Comentar

Comentar