Publicidade

Depois de quase um ano, o Suriname voltou a receber dólares americanos (USD) nesta semana. Foi o que disse o ministro de Finanças e Planejamento, Armand Achaibersing durante uma reunião com diretores e tesoureiros dos bancos locais.

“A retomada do transporte de dinheiro é uma das ações em nosso roteiro para estabilizar e baixar a taxa de câmbio”, disse Achaibersing durante o encontro. Ainda segundo ele, o governo está implementando uma série de medidas para a saúde da economia do Suriname.

Publicidade

Ao mesmo tempo, o ministro enfatiza que isso não significa que o cidadão possa sacar imediatamente um valor integral em dólares da sua conta. “Os limites de retirada serão aumentados gradualmente em consulta com os bancos”, completou o ministro.

Em setembro de 2019, a primeira remessa de dinheiro em dólares americanos chegou do Sistema da Reserva Federal dos EUA (FED). “Foi um ponto alto para o sistema bancário do Suriname. Mas em janeiro de 2020, o conselho do FED do Governador encerrou essa facilidade de transporte de dinheiro”, disse.

Esse caso prejudicou a reputação internacional do Suriname. Um lobby internacional foi lançado com sucesso para apresentar o “novo vento” no exterior, principalmente em bancos internacionais. “O que só foi possível ser concretizado agora”, concluiu.

Comentar

Comentar