O Suriname viveu as piores 24 horas da pandemia desde o começo da Covid-19 no país, em março do ano passado. Segundo dados do painel que contabiliza o vírus, foram oito mortes neste período, totalizando 34 somente em maio. Já são 238 vidas perdidas.

O percentual de casos positivos permanece alto. O Ministério da Saúde realizou 411 testes, sendo 144 positivos, o equivalente a 35%. Em unidades de terapia intensiva estão 28 pacientes, número acima da capacidade. O governo anunciou bloqueio total nos próximos dois finais de semana.

Publicidade

 

Comentar

Comentar