O Suriname será um dos beneficiados com recursos do Banco Islâmico de Desenvolvimento (ISDB). A instituição anunciou esta semana que vai disponibilizar US$ 2,3 bilhões para ajudar 57 países no combate à pandemia da Covid-19. O montante será destinado para assistência médica e recuperação da economia.

Veja também:

Publicidade

Os recursos, no caso do Suriname, serão administrados pelo Ministério de Finanças e poderá ser direcionado para a iniciativa pública e privada através de empréstimos fornecidos por uma das instituições ligadas ao IDB. Além disso, haverá valores destinados ao turismo e de produção local.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar