Ministro das Relações Exteriores do Suriname, Winston Lackin, disse que o Suriname está pronto para contribuir para um acordo entre a Venezuela e a Guiana.

Um representante do governo da Venezuela esteve na sexta-feira, 12 de junho, em uma reunião com o ministro das Relações Exteriores, Winston Lackin, para tratar sobre o problema que está ocorrendo na fronteira entre a Venezuela e a Guiana.Por outro lado, o presidente da Guiana, David Granger,enviou uma carta ao presidente Desi Bouterse, pedindo ajuda do Suriname para ajudar a mediar a questão.

Publicidade

Lackin disse que o presidente Bouterse nas próximas semanas irá dar algumas sugestões técnicas para a Guiana sobre como a questão da fronteira pode ser melhor abordada, já que o país vizinho aprecia envolver o Suriname na solução do problema.

Dentro da Unasul também há concordância de que as disputas fronteiriças, tanto quanto possível, devem ser resolvidas diretamente entre os dois países envolvidos. Lackin considera que é importante que ambos os países manifestem o desejo de uma solução pacífica.

Venezuela e Guiana já expuseram as suas opiniões, entretanto, também é conhecido que o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, demorou para tomar uma atitude, permitindo que o problema da disputa territorial se agravasse entre os dois países.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar