O tráfego de passageiros com o Brasil e a Guiana foi suspenso pelo governo do Suriname, informou o ministro da Saúde, Amar Ramadhin, durante uma coletiva de imprensa da Covid-19. O país ainda intensificará suas fiscalizações para conter o deslocamento de pessoas na região.

Segundo Ramadhin, ambos os países representam um perigo ao Suriname, motivo pelo qual foi definido fechamento das fronteiras. Apenas residentes ou naturais do país serão admitidos levando em consideração os protocolos da Covid-19. Voos de carga e repatriação seguirão ocorrendo normalmente.

Publicidade

Comentar

Comentar