Marinus Bee
Marinus Bee — Foto: Luiz Paulo

“O Gabão permite que o mundo respire mais facilmente. Além do simples, temos compromisso com a preservação das florestas”, este foi o discurso do presidente Ali Bongo Ondimba, que ilustra o rumo que o país tem traçado há alguns anos: promover o crescimento verde.

Em um esforço para diversificar sua economia, a República do Suriname quer se inspirar no modelo de economia verde do Gabão. O Presidente da Assembleia Nacional, Marinus Bee, fez uma visita de trabalho à Zona Económica Especial (ZEE) de Nkok na segunda-feira, 14 de março.

Publicidade

“O projeto Green Gabon, que visa posicionar o país como líder na economia verde, através da gestão da biodiversidade do país, das florestas e do desenvolvimento do ecoturismo, posicionou o país como um exemplo para o resto do mundo. Um exemplo que o Suriname certamente quer seguir”, disse Marinus Bee.

Para o ministro gabonês de Águas e Florestas, Pr Lee White, a delegação do Suriname veio ao Nkok SEZ para ver como um país florestal pode reter sua madeira, processá-la no local para criar empregos para sua população e ganhar mais dinheiro. “Através da cooperação Sul-Sul, podemos começar a desenvolver nossos países com nossos recursos  ”, disse o professor Lee White.

Comentar

Comentar