Foto: Reprodução

Um novo anel de transmissão de energia de alta tensão está previsto para a capital do Suriname, Paramaribo, de acordo com Dave Abeleven, diretor administrativo da autoridade de energia do país EAS.

A afirmativa saiu de um funcionário durante a exposição de petróleo GIPEX Guiana, onde disse que a EAS está trabalhando no projeto com a empresa petrolífera nacional Staatsolie por meio de sua subsidiária de energia SPCS e da concessionária estatal de energia EBS.

Publicidade

Detalhes adicionais não foram fornecidos, mas a infraestrutura de despacho apoiaria a construção planejada da capacidade de geração e o desenvolvimento da interconexão de 3 GW Arco Norte com a Guiana e o Brasil.

Abeleven reiterou os planos para um projeto de gás para energia e a hidrelétrica de Tapajaí para reduzir a dependência do Suriname da geração a óleo. As energias renováveis ​​não convencionais desempenhariam um papel complementar. A BNamericas informou recentemente que o BID divulgou um estudo sobre os impactos das mudanças climáticas na demanda de energia hidrelétrica e eletricidade no Suriname.

Comentar

Comentar