O presidente Chan Santokhi anunciou na noite desta sexta-feira (28) mais um bloqueio total, a partir de segunda-feira, dia 31, até 18 de junho, em virtude dos últimos dados acerca da Covid-19 no Suriname. Mais cedo, a comunicação do governo já havia confirmado o “código roxo”.

“Temos a responsabilidade de garantir o abastecimento alimentar. Portanto, foi decidido que vários grupos empresariais abrirão condicionalmente nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 16h. As pessoas podem fazer suas compras desta forma”, disse o presidente.

Publicidade

Supermercados, padarias e açougues permanecerão abertos. “Como as pessoas atualmente enfrentam inundações, elas precisam de materiais de construção. É por isso que as lojas de materiais de construção também permanecem abertas nos já mencionados três dias”, explicou.

Os grupos empresariais foram orientados a aderir todas as medidas de combate a Covid-19. “No que diz respeito às compras de mercearia, apenas os adultos podem fazê-lo. Isso diz respeito a pessoas com 18 anos ou mais. Uma pessoa por família pode fazer as compras”, concluiu o presidente Santokhi.

Comentar

Comentar