As primeiras vacinas da AstraZeneca serão aplicadas em profissionais da linha de frente no combate a Covid-19 a partir da próxima terça-feira (23), no auditório do Hospital Acadêmico de Paramaribo (AZP). Serão, ao todo, 500 pessoas beneficiadas. Outra informação anunciada pelo governo foi à doação de 50 mil doses da Índia ao Suriname, o que deve chegar dentro de alguns dias.

“Há transparência nesse processo. Atualmente há especialistas treinando enfermeiras e demais pessoas envolvidas nesse processo. As vacinas vêm do Serum Institute of India. Esta remessa se soma à doação de mil doses de vacinas, também da AstraZeneca, que o governo do Suriname recebeu recentemente de Barabados”, disse Amar Ramadhin, ministro da saúde.

Publicidade

“A organização logística já está sendo montada. Há contato com o governo indiano e a data concreta será anunciada nos próximos dias”, completou o ministro. A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou o uso da vacina como uso emergencial para todas as idades acima de 18 anos na última segunda-feira. “O AZP está envolvido na organização do pontapé inicial”, completou.

 

Comentar

Comentar