Politiewagen — Foto: Luiz Paulo
Publicidade

O Sindicato da Polícia do Suriname (SPB) solicitou uma reunião com o Ministério da Justiça e Polícia para reivindicar uma correção salarial e novos valores para o subsídio que são pagos aos militares. O encontro entre as entidades está programado para acontecer na próxima semana.

O tesoureiro do Sindicato da Polícia do Suriname, Sergio Gentle, indica que em janeiro haveria negociação salarial com o ministro da Justiça e da Polícia, mas isso não aconteceu. “O SPB encaminhou carta ao ministro, mas ainda não recebeu resposta. O SPB também quer um subsídio da Covid-19 para policiais”, reiterou.

Publicidade

Um pacote de solicitações foi encaminhado ao Ministério da Justiça e Polícia, mas os demais aspectos ainda não foram negociados. Gentle enfatiza que também deve haver tratamento médico e odontológico totalmente gratuito para a polícia. O governo do Suriname não se manifestou oficialmente.

Comentar

Comentar