Por conta da determinação da Organização Mundial de Saúde e das autoridades do Suriname, e levando em consideração a necessidade de medidas restritivas de isolamento social, a Embaixada do Brasil em Paramaribo emitiu um comunicado nesta quarta-feira, dia 25, informando que o setor consular atenderá somente situações emergenciais.

PUBLICIDADE / ADVERTENTIE

Ainda de acordo com a nota, a Embaixada segue integralmente a diretriz do estado e continuará prestando assistência aos brasileiros, o que inclui a repatriação dos que ainda não conseguiram retornar desde que o aeroporto internacional do Suriname suspendeu todos os voos através de decreto do presidente.

“A Embaixada em Paramaribo está em contato permanente com Brasília e efetuando gestões junto ao Governo do Suriname, desde o cancelamento dos voos para Belém. Aguardamos decisão do Governo sobre nova data para voo da SLM, mas também estamos estudando alternativas caso isso não venha a ocorrer”, conclui a nota.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar