Funcionários do Hospital Acadêmico de Paramaribo enviaram ao Ministério da Saúde documentos onde denunciam possíveis irregularidades trabalhistas. De acordo com a categoria, os servidores não têm acesso aos benefícios sociais e as leis do Fundo de Pensões e do Seguro de Saúde estariam sendo violadas.

O sindicato dos funcionários alega, ainda, que o processo de contratação de pessoal não segue as regras, inclusive, seria manipulado com favoritismo a determinados pessoas. Outra reclamação apresentada é de que o governo do Suriname não teria se pronunciado ainda sobre as denúncias.

Publicidade

Foto: ABPLAZ

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar