Foto: CDS

Três surinameses foram empossados ​​como embaixadores extraordinários pelo presidente Chan Santokhi. Os diplomatas vão representar o Suriname no Brasil, Guiana e Bélgica. Angeladebie Ramkisoen servirá na República Federativa do Brasil, Liselle Blankendal na República Cooperativa da Guiana e Gilbert van Lierop no Reino da Bélgica.

Em seu discurso, o presidente destacou as prioridades estratégicas dos diferentes países em sua relação com o Suriname. Para o relacionamento com o Brasil, as ações prioritárias são a formação de alianças estratégicas nas áreas de processamento de petróleo e gás, eletricidade, expansão de mercado, capacitação, indústria de processamento e abordagem conjunta do crime transfronteiriço.

Publicidade

As prioridades políticas com a Guiana estão contidas no documento fundador da plataforma de Diálogo Estratégico e Cooperação. Suriname e Guiana devem agir juntos como futuros estados petrolíferos para aproveitar ao máximo esse recurso e explorar os mercados para aumentar seus níveis de produção.

A prioridade na política com a Bélgica é receber investimento estrangeiro direto da Bélgica e da União Europeia, bem como orientar o processo dentro do bloco para Isenção de Visto. A Bélgica tem a sede da UE, que é a terceira maior economia do mundo, depois da China e dos Estados Unidos.

Comentar

Comentar