Chan Santokhi — Foto: Luiz Paulo

O presidente Chan Santokhi oficializou que conta com o apoio da China para remover os últimos obstáculos da trajetória Suriname-FMI. Em termos de desenvolvimento financeiro, o país está agora em uma encruzilhada. Um acordo com o Fundo e a China está sendo finalizado, adianta o presidente.

“Estou convencido, dada a relação de cooperação histórica entre os dois países, de que o acordo com a China acontecerá em breve”, disse nesta quarta-feira durante a comemoração dos 168 anos de colonização chinesa no Suriname, no Monumento no Parque da Amizade, em Paramaribo.

Publicidade

Segundo Santokhi, a China “provará mais uma vez que é um bom e forte amigo, que dará uma contribuição muito importante para o desenvolvimento futuro do Suriname nesta encruzilhada”. O presidente aproveitou a cerimônia em memória local para alguma diplomacia estrangeira. 

Comentar

Comentar