Ronnie Brunswijk (ABOP) e Dew Sharman (VHP) foram eleitos por aclamação presidente e vice-presidente, respectivamente, da Assembleia Nacional do Suriname (DNA). O NDP, oposição, não apresentou candidatos e, assim, os indicados não tiveram dificuldades para a conquista do pleito.

Publicidade

Logo após a votação, Brunswijk e Sharman foram empossados. A sessão, por conta das medidas de segurança da Covid-19, foi adaptada e dividida em grupos, atendendo as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ashwin Adhin, que também foi eleito, será empossado em outro momento já que ainda está exercendo a função de vice-presidente do Suriname. Soewarto Moestadja, ministro do Trabalho, realizou a primeira reunião do novo Parlamento.

Comentar

Comentar