— Foto: CDS

Uma consulta preliminar com representantes do grupo de trabalho do Brasil e do Suriname estiveram reunidos neste domingo para afinar os detalhes da visita do presidente Jair Bolsonaro, em Paramaribo. A ação aconteceu no Ministério das Relações Exteriores, Negócios Internacionais e Cooperação Internacional (BIBIS).

A reunião foi presidida pela diretora do BIBIS, Miriam Mac Intosh e pelo embaixador Lopes Mendes de Azeredo, do Brasil. “O grupo de trabalho está fazendo os preparativos necessários para a visita do presidente do Brasil em 20 de janeiro de 2022. Os trabalhos preliminares estão em pleno andamento nos dois países”, disse o CDS.

Publicidade
José Raphael Lopes Mendes Azeredo, embaixador do Brasil no Suriname — Foto: CDS

Sobre a visita

A comitiva presidencial brasileira será recebida no Aeroporto Internacional Johan Adolf Pengel por uma delegação do Suriname composta pelo vice-presidente, Ronnie Brunswijk, os ministros Albert Ramdin (BIBIS), Krishnakoemarie Mathoera (Defesa), Kenneth Amoksi (JusPol), Marlene Joden (DC Pará), Coronel Henri van Axeldongen (Exército Nacional), um representante da Polícia do Suriname e o embaixador da República Federativa do Brasil, José R. Lopes Mendes de Azeredo.

O presidente Chandrikapersad Santokhi receberá solenemente a delegação no palácio presidencial. Durante esta visita, ambos os presidentes também se encontrarão com o chefe de estado da Guiana, Mohamed Irfaan Ali. Após conversas bilaterais entre Suriname e Brasil, os dois presidentes assinarão um acordo de cooperação no qual a imprensa e a sociedade serão informadas.

Comentar

Comentar